Visão aberta nas oportunidades!

Eu estava lendo algumas matérias das Publicações mensais PM Network (Junho e Julho) onde achei interessante comentar sobre uma visão diferente em relação ao tratamento do controle do escopo e de oportunidades que podem surgir.
Segundo a dinâmica do PMBOK, o escopo de um projeto deve abranger todas as atividades de um projeto, sendo que se deve ao máximo evitar o Gold Plating, ou seja, querer ganhar o cliente aceitando aquelas modificações que acabam incrementando o escopo, podendo causar problemas com custos, tempos, qualidade, etc.
Realmente deve-se tomar muito cuidado com o "bônus" acrescentado no escopo dos projetos, lembrando de efeitos como o cliente esperar que em todos os projetos ele possa sempre querer acrescentar novos itens ao escopo por que já o recebeu antes.

Porém essa visão fechada muitas vezes pode ser uma viseira como os cavalos usam, focando apenas no caminho à frente. A idéia é que muitas vezes a visão focada apenas no projeto deixa de visualizar oportunidades de negócio verificando necessidade que clientes possuem e podem ser tratadas em novos projetos ou como oportunidades para planejar projetos de ondas sucessivas, verificando a cada desenvolvimento novas oportunidades em outras fases.

Um exemplo disso é o projeto do canal do Panamá (PMI Panama Chapter), além de um enorme projeto do canal para a travessia entre os oceanos, foi verificado que esse projeto poderia ser utilizado para atrair pessoas de fora, novos projetos foram incorporados ao programa como novos estradas litorâneas, limpeza da baia, grandes construções e um museu da biodiversidade. Uma necessidade ocasionou em outras oportunidades.

Com a crise atual é necessário que novas oportunidades sejam criadas, devem ser vistas e convertidas em novos negócios.

Falando em crise, a visão do Brasil no exterior não é nada mal, nossos bancos são fortes (também temos as maiores taxas de juros!!!) e o governo mostrou um apoio financeiro para que os projetos não fossem parados. Claro que várias empresas colocaram em stand by vários projetos, e nesse ponto que a visão do GP deve ver as oportunidades.

“Brazil is riding the current crisis better than many developed countries" - Presidente Luiz Inacio Lula da Silva

Esse foi um dos comentários do nosso presidente no exterior no inicio deste ano, o Brasil manteve-se forte perante o perigo da crise, muitas empresas cortaram recursos, diminuíram o número de projetos a serem desenvolvidos, porém nossa economia manteve-se forte, aos poucos os investimentos vão crescendo.
Nessas horas deve-se ter em mente que nem sempre o cliente sabe o que quer, a culpa não é dele, é sua, você deve reconhecer a necessidade do seu cliente e atender da melhor forma. Nesses tempos de crise também vale lembrar que o foco deve ser em atender a necessidade do cliente, pensar na visão estratégica do cliente e nos seus objetivos. O retorno pode não ser imediato, porém você terá um cliente parceiro e ganhará uma boa reputação.

Nosso foco não pode ser apenas no que está sendo feito, as oportunidades estão a nossa volta, empresas precisam de soluções e oportunidades. Como está na moda falar agora, na crise enquanto alguns choram outros vendem lenço.

É isso aí, um abraço e comentem!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Riscos Inevitáveis

A Batata quente!

PMP Certified!